sexta-feira, 4 de julho de 2008

BI (Business Intelligence) -> Fique por dentro


Olá pessoal,

A inteligência de um negócio acontece quando as decisões, nos vários níveis da organização, são baseadas em fatos e conhecimentos gerados por informações assertivas, intuitivas, acuradas e atualizadas, certo?

Hoje vamos falar um pouco de BI (Business Intelligence). Isso mesmo, inteligência de negócios.

CICLO

Dado -> Informação -> Conhecimento -> Ação


Notícias quentinhas da Oracle:

A Oracle anuncia a disponibilidade do Oracle® Financial Services Asset Liability Management Analytics, um inovador aplicativo de Business Intelligence pré-construído, que permite às instituições financeiras gerir o risco das taxas de juros e maximizar o valor para os acionistas.

Prática 1 Alinhamento

O BI deve apoiar os objetivos da organização, disponibilizando a inteligência necessária para a sua execução.

Prática 2 Organização

O BI é um processo contínuo, que não deve ser tratado por iniciativas temporárias e fragmentadas.

Dinâmica

Objetivos do negócio mudam...
Aprende-se com o BI...
Aprofunda-se o conhecimento...
Novas demandas devem ser atendidas


Prática 3 Tecnologias

Não existe ferramenta única que resolva diferentes necessidades de diferentes usuários.

O balanço patrimonial de uma típica empresa do setor, é resultado de milhões de transações individuais com atributos exclusivos. A análise dessas transações e de sua relação com o risco para toda a empresa é uma tarefa extremamente.


Essa nova aplicação contribui para que empresas financeiras ganhem vantagem competitiva, pois terão mais visibilidade do negócio com uma visão integrada dos riscos e retornos do balanço patrimonial. É completo, baseado em padrões que fornece um aplicativo inovador e possibilita gerar análises de risco das taxas de juros.

Reduz o custo total e a complexidade da TI ao eliminar a necessidade de interfaces personalizadas. Desenvolvido para rápida implementação e fácil configuração, inclui um modelo de dados pré-construído, com mais de 3.000 métricas para produzir análises e relatórios.

Relatórios padrão que são usados para avaliar o risco das taxas de juros, como o valor de mercado do patrimônio líquido, a duração, e of equity, duration of equity, GAPs de novas precificações, resultados da simulação de renda, valor em risco e ganhos em risco.

Fique esperto:

“A natureza altamente volátil dos atuais mercados financeiros força o setor financeiro a dar uma ênfase renovada no uso mais eficiente do capital equilibrado com risco aceitável. A solução ajuda instituições financeiras a ganhar vantagem competitiva, possibilitando maior visibilidade do negócio, com uma visão integrada dos riscos e retornos do balanço patrimonial”, disse Chris Spofford, diretor de Estratégia de Produtos para Serviços Financeiros da Oracle.

Postar um comentário