sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Integração entre módulos, o que é isso?


Visão geral da integração entre os módulos

Quando se pensa num sistema integrado, pensamos em reunir informações num só lugar, funcionalidades que suportam as atividades dos diversos processos de negócio da empresa. Recorrendo o mínimo possível a sistemas externos.

O ERP da Oracle, como a maioria dos ERP´s, é composto por uma base de dados única e por módulos que suportam diversas atividades das empresas.

Os dados utilizados por um módulo são armazenados na base de dados central, para serem manipulados por outros módulos.

Essa característica modular permite que cada empresa utilize somente os módulos que necessite e possibilita que módulos adicionais sejam agregados com o tempo. Em seguida, para cada módulo, são feitos ajustes nas tabelas de configuração para que o sistema se adeque da melhor forma possível aos novos processos de negócio.

Na implantação de um sistema ERP Oracle, a customização é um compromisso entre os requisitos da empresa e as funcionalidades disponíveis no sistema. Inicialmente, na maioria das vezes, os processos de negócio das empresas precisam ser redefinidos para que seus requisitos se aproximem das funcionalidades do sistema.

Acima, um exemplo da integração dos módulos.


Que sigla é essa?


ERP (Enterprise Resource Planning) - Arquitetura de software que facilita o fluxo de informações entre todas as atividades de uma empresa, como fabricação, logística, finanças e recursos humanos.

Nos próximos post, vou comentar sobre suas funcionalidades.
Postar um comentário