quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Oracle compra Haley

PRESS RELEASE

Oracle compra Haley

Aquisição permite à Oracle atender ao segmento de serviços sociais, com automação de políticas empresariais para setores legislados e regulamentados

Redwood Shores, Califórnia, (EUA) – novembro de 2008

Notícias

· A Oracle anunciou o acordo para aquisição da RuleBurst Holdings Limited, empresa controladora da Haley Limited, grande fornecedor de software para modelagem e automação de políticas, com o propósito de criar uma solução completa para órgãos de serviços sociais.

· Esses órgãos têm adotado software comercial para automatizar a concessão de direitos. Com recursos limitados para atender a um público crescente, essas entidades precisam administrar e distribuir a concessão de direitos de maneira uniforme e precisa, conforme estabelece a legislação em vigor. A plataforma da Haley para a automação de políticas converte a legislação e as políticas em regras definidas e automatizadas, que são implementadas em um aplicativo.

· Junto com os aplicativos de ERP da Oracle e Siebel CRM, a empresa pretende criar o primeiro pacote de software para órgãos de serviços sociais com um aplicativo aprimorado de gerenciamento de casos, utilizando o Haley para conduzir a determinação de elegibilidade.

· A plataforma de automação de políticas da Haley também é usada em outros setores altamente regulamentados, como o financeiro e o de seguros, para implementar e gerenciar políticas complexas que sofrem mudanças rapidamente, sem a necessidade de programação de software especializada.

· A diretoria e os funcionários da Haley deverão ser incorporados à Oracle para formar uma unidade de negócios global com foco em soluções empresariais de automação de políticas em vários setores. Dominic O’Hanlon, CEO da Haley, deverá chefiar a unidade de negócios como vice-presidente sênior e diretor-geral.

· A transação está sujeita a aprovações governamentais e dos acionistas, bem como às demais condições de praxe para finalização, devendo ser concluída no primeiro trimestre do ano-calendário de 2009. Até que o negócio se concretize, cada empresa continuará a operar independentemente. Os detalhes financeiros da transação não foram divulgados.

Postar um comentário