domingo, 21 de junho de 2009

SubLedger Accounting SLA

Olá pessoal!

Quem já ouviu falar do SLA? Uma novidade da R12, vou descrever um pouco de conceito.

Espero que ajude.

Abraços.


R12:
Novos Conceitos Subrazão e SLA


No EBS release 12, para criação do Livro Contábil, ou melhor Ledger, é obrigatório informarmos mais um itém além dos informados nas versões anteriores, que eram o Plano de Contas (COA), Moeda, Calendário. Esse novo componente é o Subrazão, que é o método contábil que será utilizado nesse livro.



No Oracle R.12 estão pré-configurados 4 tipos de sub-razão, que são:

• Provisão Padrão;
• Provisão de Empenho;
• Caixa-Padrão;
• Caixa de Empenho.

Obs.:O método comumente utilizado contabilmente é o método da ‘Provisão Padrão’.

Debaixo dos métodos estão os aplicativos, ou origens, que possuem pré-configurações definidas pelo
Oracle temos:
• Assets;
• Cash Management;
• Cost Management;
• Empréstimos;
• Gerenciador de Propriedade;
• Payables;
• Process Manufacturing Financials;
• Projetos;
• Receivables.


Para cada aplicativo temos um evento contábil, e tomando como base o Payables temos:

• Aplicações de Pagamento Antecipado;
• Avisos Créd.;
• Avisos de Débito;
• NFFs;
• Pagamentos;
• Pagamentos Antecipados;
• Pagamentos Reconciliados;
• Pagtos. c/ Data Futura;
• Reembolsos.


E vinculado ao evento NFFs do Payables temos:

• Despesa Diversa;
• Despesa com Frete;
• Despesa com Item;
• Imposto Não Recuperável;
• Imposto Não Recuperável Auto-Avaliado;
• Imposto Recuperável;
• Imposto Recuperável Auto-Avaliado;
• Liberação de Retenção, Regime de Competência;
• Passivo com Segmento Balanceador de Contrapartidas Automáticas;
• Passivo com Segmento de Conta de Contrapartidas Automáticas;
• Passivo de Imposto Auto-Avaliado;
• Passivo, Básico;
• Provisão;
• Provisão de Imposto Não Recuperável;
• Provisão de Imposto Não Recuperável Auto-Avaliado;
• Retenção Imp. Fonte;
• Retenção no Regime de Competência;
• Variação de Alíquota de Imposto;
• Variação de Preço da NFF;
• Variação de Preço de NFF com Imposto;
• Variação de Taxa de Câmbio;
• Variação de Taxa de Câmbio de Imposto;
• Variação de Taxa de Câmbio de Imposto Não Principal;
• Variação de Taxa de Câmbio de Razão Não Principal.


Podemos representar assim o relacionamento para a Provisão Padrão de uma NFF do Payables com as
linhas de lançamento geradas:




Estrutura do Criador de Métodos


Copiando e Alterando

O Subledger Accounting, debaixo do proprietário ‘Oracle’, possui as pré-configurações para cada
aplicativo, ou Origem, relacionadas acima. Por segurança essas configurações originais do Oracle
Applications não podem ser deletadas e nem modificadas. Para modificá-las é obrigatório criar uma
cópia da configuração original (proprietário Oracle), e criando uma nova estrutura (proprietário
Usuário). Nessa estrutura copiada ela poderá ser alterada, e por fim poderá ser vinculada ao Ledger.






Postar um comentário